fbpx
Ilustração e-commerce

Você já fez o planejamento da sua Black Friday deste ano?

Comemorada sempre na última sexta-feira do mês de novembro, é um dia que sempre gera muita expectativa. Várias empresas se preparam para a data, que é a segunda mais importante para o varejo e e-commerce, perdendo apenas para o Natal.

Se você ainda não se planejou, não se preocupe, porque nós separamos algumas informações e dicas para te ajudar neste processo!

O que esperar da Black Friday 2020?

Em 2019, segundo a Ebit | Nielsen, a Black Friday chegou a um faturamento de R$3,2 bilhões, ou seja, um aumento de 23,6% em relação a 2018. 

Com a pandemia do novo Coronavírus, o cenário é outro. Muitas lojas físicas se mantiveram fechadas por um longo tempo, fazendo com que as pessoas recorressem às compras online. Isso registrou um aumento de 47% no e-commerce brasileiro somente no primeiro semestre de 2020. 

planejamento black friday gráfico e-commerce Brasil 2020

Gráfico que mostra o crescimento do e-commerce no Brasil. Fonte: Ebit | Nielsen Webshoppers 42

De acordo ainda com a plataforma, a expectativa para 2020 é que as vendas online cresçam 27% em relação ao ano anterior e a tendência é que seja mais digital do que nunca. 

Diante disso tudo, é melhor estar preparado, não é verdade? 

 

1º) Faça o planejamento para a sua campanha de Black Friday

Tudo começa sempre pelo planejamento. Afinal, como colocar todas as ideias em prática sem ao menos ter conhecimento do que quer, do que pode e do que realmente vai fazer?

Essa etapa é fundamental para o sucesso de suas campanhas e ações. Portanto:

– Tenha definido todas as suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças (análise SWOT) para ajudar nas tomadas de decisões; 

– Estabeleça suas metas e objetivos, com base em dados dos anos anteriores, para entender o que te espera. Lembre-se de que essas metas devem ser reais e possíveis;

– Escolha os seus produtos e revise seu estoque. Se sua empresa oferece um outro tipo de serviço, certifique-se de que será possível atender à demanda. Além disso, tenha consciência de que os escolhidos não vão gerar prejuízo para você e que eles consigam servir de “isca” para outros produtos/serviços. 

– Não foque apenas nos descontos! Apesar de atraentes, o preço não é tudo. Diante de um mercado tão concorrido, é muito importante “conquistar o coração” do seu cliente. Por isso, gere valor para a sua marca, ofereça a solução que o seu cliente procura e se comunique de forma diferenciada.

 

2º) Verifique a sua estrutura

Se você tem uma loja virtual, esteja preparado. É muito comum que os sites travem ou caiam durante a Black Friday devido ao grande número de acessos na plataforma. Sem dúvida, essa pode ser a pior experiência para o usuário e você, definitivamente, não quer que isso aconteça, certo?  

Por isso, previna-se de todos esses tipos de possíveis problemas. Conheça tudo a respeito do seu site e suas capacidades técnicas.

 

3º) Hora de entrar em ação

Depois de tudo devidamente planejado e revisado, é hora de colocar todas as ideias em ação:

– Separe um cronograma de ações e um valor para investir nas mídias pagas;

– Divulgue e impulsione as suas ofertas, utilizando e testando diferentes formatos, imagens, textos e segmentações. Faça isso dias antes da Black Friday para que o custo por clique (CPC) não seja tão alto;

– Vista a sua marca com a identidade adotada para a Black Friday para atrair a atenção dos seus seguidores;

– Desenvolva uma landing page específica para esta campanha;

– Crie uma campanha de e-mail marketing com pré-ofertas e com informações da sua loja sobre o que você está preparando; 

– Envie e-mail marketing no dia para a sua base de leads;

– Faça remarketing, ou seja, anuncie para quem já demonstrou interesse uma vez para fazer com que as pessoas lembrem da sua oferta.

 

4º) Tenha empatia e gere uma experiência agradável 

Com o crescimento do e-commerce e dos marketplaces — lojas virtuais que centralizam as vendas e vendem produtos de lojas parceiras —, o número de reclamações também aumentou. 

O seu relacionamento com o cliente vai muito além das compras! Por isso, ter um bom atendimento ao consumidor (SAC), pode ser decisivo quando ele estiver entre você ou um concorrente. Tente gerar a melhor experiência possível!  

Planejamento Black Friday atendimento SAC

Gráfico mostra aumento nas buscas pelo Reclame Aqui e Procon. Fonte: Pesquisa Qualitativa Google

 

5º) Mantenha as boas práticas

Com certeza você já ouviu falar sobre a “Black Fraude” e em tudo que é “metade do dobro”. Não seja um deles! Crie ofertas reais e que você consiga cumprir. 

Se você ficou curioso em saber como são essas falsas promoções, clique aqui.

 

O dia 27 está chegando! Mas, ainda assim, nunca é tarde para fazer o planejamento da sua Black Friday e colocar as ações de marketing em prática.

Gostou do conteúdo? Não deixe de acompanhar as nossas redes sociais e o nosso blog. Vamos sempre trazer novidades, tendências, dicas, sugestões e muito mais para você.

Qualquer dúvida, entre em contato! Vai ser um prazer te ajudar. 🙂

Categories:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sobre Nós

Seja bem-vindo(a) ao nosso Blog!

Acreditamos na troca de informações e em uma boa comunicação.

Há 13 anos, estamos nessa jornada e te convidamos para participar com a gente, vamos?

Posts | Categoria